Ceilândia: O samba pede passagem em seu dia

Publicada em: 02/12/2014
Ceilândia: O samba pede passagem em seu dia Hoje(02) é dia Nacional do Samba, ou simplesmente dia do Samba. O Brasil e o samba são partes da mesma essência, um nasceu para o outro e juntos se completam. Basta ver o carnaval, festividade em que o samba se torna ainda mais popular, virando o ritmo oficial da festa e a expressão da nosso brasilidade. Em Ceilândia, Distrito Federal, não poderia ser diferente, berço de vários movimentos culturais, desde ao Rap, Hip Hop, Dança, Grafite, Pagode, Sarais de Poesia ao movimento das Quadrilhas Juninas se encontram e e se misturam. Diante dessa realidade, o samba não poderia ficar de fora do cenário cultural local e mostrar um pouco dessa maravilha de cultura e patrimônio nacional em rodas de samba. O Projeto Samba na Comunidade e vem preencher essa lacuna e projeta a cultura do samba de raiz para as localidades onde o Samba não é conhecido, onde o samba não é cultuado dentro do Distrito Federal e Cidades do Entorno. Com isso Ceilândia se tornou a primeira cidade a receber o projeto e servirá de base para a expansão do projeto para as demais localidades. Nesta terça feira(02), no setor P Norte, em Ceilândia norte, no espaço cultural do Sarau Da CM, QNP19 Conj. A Casa 10 (Bar do Max), a parit das 19h, em comemoração ao dia nacional do Samba, vai haver roda de samba, evento cultural que irá contar e cantar a história do samba raiz, desde seu surgimento até os dias atuais.
<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic