MAIOR SÃO JOÃO DO CERRADO EM CEILÂNDIA

Publicada em: 08/03/2018
Em 2007, a organizadora e idealizadora do Maior São João do Cerrado, Edilane Oliveira, realizou a primeira edição do festejo. Ela ressalta que o projeto demorou 4 anos e meio para finalmente e acontecer, mas no primeiro dia do evento ela teve certeza de que a cidade de Ceilândia tinha escolhido a proposta, pois reuniu 50 mil pessoas em uma noite.” São três os aspectos mais significativos do projeto. Primeiro, a entrada e gratuita, democratizando a acesso á cultura e ao lazer e garantindo um direito constitucional ao cidadão: Segundo, promover a nossas diversidade cultural com música, danças folclório, quadrilhas juninas, circo ,cultura popular, artesanatos repente e um resgate cultural com o Sitio seu João e a vila Barborena: e Terceiro, a geração de trabalho e renda que o projeto proporciona” afirma Edilena Oliveira. Em 2010 foram criados novos polos dentro da festa, como a arena do folclore. Houve também uma pareceria com as embaixadas, o que levou a construção de uma área internacional, fortalecendo esse mercado e atraindo o público do Plano Piloto. “ o único ano em que não aconteceu o maior Saõ João do cerrado foi o ano passado, em 2017, porque começamos um novo projeto: Brasil Junino. Fomos a quatro países da Europa, Em uma turnê de quatro messes, para mostrarmos lá fora nossa cultura juninas, então quando voltamos, não tínhamos apoio Governamental para realizarmos a 10° edição da festa”, lamenta Edilane. Mais em 2018 e certo que O Maior São João do Cerrado estará de volta . inclusive Já tem data definida: dias 11. 12. 13 de Maio de 2108. “Este ano o evento será em maio, porque vamos fazer a segunda edição do Brasil Junino. O verão Europeu ocorre de junho a setembro. Por isso fizemos um acordo com o Ministério do turismo e ficou combinado que o Maior São João do Cerrado acontecerá todo ano na segundo semana de maio”, ressalta. Pra este ano já estão confirmados Elba Ramalho, madrinha do projeto, Solange Almeida, Dorival Dantas e Aviões do Forró. O evento acontecerá ao lado do Estádio Abadião e contará com 61 mil metros quadrados de área construídas. “Não poderíamos ter escolhido um local melhor que Ceilândia para este evento. E uma cidade que tem 523 mil habitantes, dos quais 75% de imigrante nordestinos diretos ou indiretos. É uma cidade muito grande e a população fazem questão de resgatar suas origens e sua história. A festa conta com ambiente familiar e podemos afirmar que passamos todos esses anos sem nenhuma acorrência policial”, aponta. E esse sucesso se traduz em números por noite, em média o projeto recebe 80 mil pessoas. O ano de 2013 foi o que mais teve turistas. Desse ano em diante o evento recebeu uma média de 8 a 12 mil turista. O recorde foi em 2014, com 150 mil pessoas por noite, quando a banda Aviões do Forró reuniu 200 mil pessoas. Na ultima edição em 2016 o evento gerou uma cifra de R$ 11.000,00 milhões em negócios e gerou 6.800 mil e oitocentos empregos.
<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic