Comércio e setor de serviços têm queda 0,91% em agosto no DF

Publicada em: 29/09/2016
Os setores de comércio e serviços apresentaram juntos queda de 0,91% em agosto com relação a julho deste ano em Brasília. O resultado foi divulgado na Pesquisa Conjuntural de Micro e Pequenas Empresas, feita pela Fecomércio e pelo Sebrae. A pesquisa mede o desempenho de vendas de 26 segmentos, como calçados, móveis, livrarias, cabeleireiros, atividades de contabilidade, entre outros. saiba mais Empresários criam comissão para tentar alavancar economia do DF Vendas no comércio caem 18,7% no DF em 2015, diz Fecomércio Codeplan lança portal com dados de economia, educação e trabalho do DF A pesquisa é feita mensalmente e os dados foram baseados em 17 segmentos do comércio varejista e nove de serviços. Ao todo, são avaliadas 900 empresas do Distrito Federal. Ao todo, 15 segmentos tiveram baixa nas vendas. No setor de comércio, os que mais registraram queda foram vestuário e acessórios (7,58%), ótica (6,90%), padaria e confeitaria (5,96%), e material de construção (5,75%). Já em serviços, cabeleireiros (4,71%), capacitação e treinamentos (3,89%) e sonorização, fotografia e iluminação (3,77%) foram os que menos venderam no período. Segundo a Fecomércio, esta é a quinta queda registrada este ano. De janeiro a agosto houve índices positivos de venda apenas em um mês. A pesquisa também apontou que o cartão de crédito foi a forma de pagamento mais utilizada pelos consumidores em agosto. No setor de comércio, vendas feitas por meio de cartão representaram 46% e no setor de serviços 39,9%.
<< Mais Antiga       Mais Recente >> Histórico de Noticias
TV Acic
Cursos
Filiados
Rádios Acic